TC School / Mercado de ações

Margem de garantia e ajuste: entenda o que são e como funcionam

23/12/2020 às 10:00

TC School TC School

Neste texto, tratamos sobre a margem de garantia e o ajuste diário por meio dos seguintes tópicos:

  • O que é margem de garantia?
  • Como funcionam as operações com a margem de garantia?
  • Ajuste diário
  • Operação alavancada: o que é?
  • Reflexão para os investidores

Boa leitura!

margem de garantia

O que é a margem de garantia?

O termo “margem de garantia” é muito comum entre os traders do mercado financeiro. Nesse contexto, para poder investir no mercado de capitais é necessário ter capital ou possuir algum substituto dele, como um ativo, conforme o critério da Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM). Diante disso, existem operações que são realizadas utilizando algum tipo de garantia financeira pelo os investidores, essas operações também são conhecidas como operações alavancadas.

A margem de garantia permite que o investidor deixe um valor depositado para sustentar as operações no mercado. Ou seja, esse tipo de operação permite que você se exponha as variações do mercado com mais recursos do que tem disponível naquele momento. Em outras palavras, a margem de garantia nada mais é do que uma precaução de que você terá como honrar possíveis prejuízos no mercado.

Por exemplo, antes de investir é necessário ter um bem com valor acima do que será negociado para dar como garantia. Dentre os ativos, estão as cartas de fiança bancária, títulos, entre outros. No entanto, o valor da garantia muda conforme a volatilidade dos preços e a liquidez do ativo. Assim, ativos com menor volatilidade tem mais liquidez e menor margem de garantia. Por isso, é interessante avaliar o investimento desejado e seu prazo, além das regras e exigências das corretoras de valores.

Como funcionam as operações com a margem de garantia?

As operações com margem de garantia são realizadas pelas corretoras de valores que aceitam outros ativos financeiros como proteção para as operações ou uma parte do recurso financeiro. Sendo assim, caso o ativo varie contra a posição feita pelo investidor, essa margem será executada e esses ativos serão vendidos no pregão para honrar o débito.

Outro fator que pode alterar o valor da margem é o prazo escolhido. Se você pretende fazer operações de curtíssimo prazo (que começam e encerram no mesmo dia), é provável que tenha uma margem diferente de quem faz aplicações com prazos maiores. Sendo assim, além dos fatores externos, como a volatilidade, ela também pode ser determinada pelo:

  • O ativo no qual você investe
  • A exigência da sua corretora de valores
  • O prazo do investimento

Produtos aceitos como margem de garantia

Atualmente, são aceitos diversos produtos financeiros, além de dinheiro, como margem de garantia, por exemplo:

Esses são os principais, mas algumas corretoras hoje permitem alguns outros produtos, como o ouro, por exemplo. Dessa forma, é possível operar mesmo não tendo dinheiro na conta. Assim, vamos entender como funciona a execução da margem de garantia.

Quando seu saldo estiver negativo na conta, terá que depositar o valor ou bem no mesmo dia para que sua conta saia do negativo. Nesse contexto, atualmente algumas corretoras deixam que você fique negativo. Mas, desde que não seja um valor muito grande e que você tenha recursos investidos em algum outro produto, porém, provavelmente, pagará multa.

No entanto, ficar totalmente negativo em conta, hoje em dia é uma realidade bastante difícil. Caso seja identificado que um investidor não tem recursos suficientes para o investimento, sua posição será zerada de acordo com o preço do mercado, já que as empresas contam com sistemas automatizados de gestão de risco que zeram o cliente antes que ele fique totalmente sem dinheiro e passe a dever a corretora. O processo de execução de margem nada mais é que uma consequência do ajuste diário.

Ajuste diário

Nesse sentido, o ajuste diário é um mecanismo que analisa as posições mantidas pelos clientes nos mercados e as acertam financeiramente todos os dias, conforme apresentem ganho ou perda em relação ao preço de ajuste do dia anterior.

As posições em aberto ao final de cada pregão serão ajustadas com base no preço do dia, determinado segundo regras estabelecidas pela bolsa, por meio da movimentação financeira no dia útil subsequente.

Execução do ajuste diário

Diante disso, vamos entender como funciona a execução do ajuste diário. Com o saldo negativo em conta, o investidor é obrigado a depositar o valor equivalente no mesmo dia para zerar o saldo. Diante disso, cada corretora estabelece um horário limite para fazer esse depósito. O dinheiro precisa estar na conta do cliente até às 15h,  já que a partir desse horário a B3 já começa a fazer o ajuste diário da posição de todos os investidores.

O ajuste diário é calculado ao final do pregão para apurar o resultado dos investidores nas operações daquele dia. Dessa forma, a B3 desconta recursos de quem teve prejuízo e os transfere automaticamente para quem teve lucro.

Após o ajuste diário, caso a B3 identifique que o investidor está sem recursos suficientes em sua conta, todas as suas posições abertas serão liquidadas a preço de mercado. Após zerar as posições, a margem de garantia é desbloqueada e usada para quitar o saldo negativo. Da mesma forma, os investidores que estão com as contas positivas, recebem por suas posições mantidas e poderão dar seguimento aos investimentos sem prejuízos dos inadimplentes.

Vale salientar que o investidor que usa seus investimentos como margem de garantia deve prestar atenção na oscilação dos ativos em margem tanto quanto dos ativos adquiridos por meio dela. Se os ativos usados como margem desvalorizar, irá diminuir sua margem disponível.

Nesse sentido, pode  fazer com que a margem não seja insuficiente para arcar com a posição adquirida pela margem. Além disso, caso ocorra um prejuízo na posição que foi adquirida com a margem, a corretora irá executá-la ao final do dia para pagar a contraparte e, consequentemente, sua margem diminuirá para o dia seguinte.

Operação alavancada: o que é?

Realizar uma operação alavancada é o mesmo que executar uma operação com mais capital do que você tem disponível. Por exemplo, é como ter R$ 50 mil na conta e em outros ativos para dar como garantia e operar R$ 300 mil, pois, assim estará alavancando R$ 250 mil. No entanto, se você perde R$ 50 mil na posição, a corretora encerra a operação para que no dia seguinte possa pagar o prejuízo ou ela venderá os ativos para cobrir o restante do saldo negativo em conta corrente.

Reflexão para os investidores

Dessa forma, assim como aumento os riscos dos seus investimentos, a alavancagem também pode potencializar a rentabilidade acima da capacidade do capital possuído. Outro ponto importante que deve ser levado em consideração na hora de operar alavancado é saber que margem pode ser modificada pela corretora. Ou seja, dependendo do nível de estresse e volatilidade do mercado, a corretora pode aumentar a necessidade de margem ou até mesmo exigir o valor total do ativo investido para que a posição seja mantida, como aconteceu em março de 2020.

Natanael Liberalino
Natanael Liberalino
Certificado de Especialista em Investimentos – CEA/ANBIMA
Estudante de Economia

TC School

TC School

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub