Aluguel de carro por assinatura: Um guia prático - TC

TC School / Primeiros passos

Carro por assinatura: um guia prático para ajudar você a decidir

12/04/2021 às 15:00

TC School

Você deve lembrar que em fevereiro deste ano falei aqui sobre a modalidade de adquirir um carro através do modelo de assinatura. Para quem não lembra ou não viu o texto, vale a pena conferir. Mas, de qualquer forma, irei relembrar os conceitos básicos do serviço de aluguel de carro por assinatura, que tem recebido cada vez mais adeptos aqui no Brasil.

Naquele texto, tratei mais da questão teórica para facilitar o entendimento e ajudar quem estava com dúvida. Uma espécie de iniciação ao tema. Desta vez, vamos aos números para exemplificar como funciona o aluguel de carro por assinatura.

A ideia não é ter tanto texto, mas dados para que você possa ver de maneira prática e direta os efeitos da compra à vista de um carro, do financiamento e do sistema de assinatura de carros de aluguel.

Lembrando sempre que as questões de consumo não devem ser analisadas somente à letra fria dos números. Assim como imóveis, por exemplo, a compra de um veículo envolve muito a questão emocional. Por isso, não há certo ou errado, mas o que faz mais sentido dentro da realidade de cada pessoa. É uma decisão individual.

Nesse texto você vai encontrar:

  • O que é carro por assinatura
  • Compra X assinatura
  • Financiamento X assinatura
  • A grande diferença: o custo de oportunidade

Boa leitura!

O que é carro por assinatura

O sistema é parecido com outras modalidades de assinatura que temos hoje em dia. Paga-se uma mensalidade e, em troca, há o direito de usufruir daquele bem. No caso dos carros, os valores variam de acordo com o modelo.

Custo mensal do carro por assinatura

O custo mensal da assinatura de um carro mais simples gira em torno de R$ 850,00. A assinatura é feita por um prazo de 12 ou 24 meses e com opções por quilometragem rodada. O mais comum é o limite de 500 km por mês. Qualquer coisa acima disso gera um valor extra.

Com a assinatura, a responsabilidade do cliente é de pagar a mensalidade, estacionamentos, combustível e possíveis multas. Manutenção, IPVA, seguro, emplacamento, entre outros custos fixos ficam com quem gera o serviço. Assim, o cliente se livra da parte burocrática e dos gastos extras. Entre esses gastos estão inclusos, inclusive, as revisões obrigatórias.

Compra à vista X assinatura

Para fazer a simulação dos valores, usarei o valor de um Ford Ka Hatch SE 0 KM. O preço do carro, que pode variar de região para região, é de R$ 52.890,00. A assinatura média fica em torno de R$ 1.270 por mês.

Para a comparação, usaremos um prazo de quatro anos, que é um prazo considerável para trocar de veículo, normalmente é o prazo final das garantias com as revisões.

Em muitas agências que oferecem o serviço de assinatura, os contratos são anuais ou de 24 meses. Para efeito do cálculo, não vamos utilizar nenhuma taxa de reajuste do valor durante os quatro anos.

Para fazer a comparação, além do valor do próprio veículo, serão levadas em consideração despesas como emplacamento, IPVA, licenciamento, seguro, manutenção e revisões. Em relação à depreciação do veículo, uma queda de 15% ao ano, com o IPVA sendo 4% do valor do veículo e o seguro de 6% a cada ano.

Compra X Assinatura

Esse é o saldo financeiro da conta simples de comprar um carro à vista ou fazer a assinatura do mesmo modelo em um período de quatro ano. Mas, calma. Não tire conclusões precipitadas.

  • Tabela FIPE: entenda o cálculo do preço dos veículos

Financiamento X assinatura

Antes de mostrar o pulo do gato que pode fazer a diferença, vamos para a simulação com o financiamento do veículo por um período de 48 meses. Para isso, vamos simular um financiamento no Banco do Brasil do valor total do veículo, R$ 52.890,00, sem nada de entrada.

Compra x Assinatura

Nesse caso, a decisão já pode ser tomada antes mesmo de você observar o que vem à seguir, mas vamos para o movimento que pode fazer a diferença e que deve ser levado em consideração em qualquer assinatura de veículo.

Vale lembrar, como já citamos acima, que para efeito de cálculo, não utilizamos nenhuma taxa de reajuste do valor durante os quatro anos.

O custo de oportunidade

A grande diferença

Esse é o pulo do gato. Se você investe, já deve estar bem familiarizado com esse termo: custo de oportunidade. Se ainda não investe, uma explicação: o custo de oportunidade nada mais é do que o valor que você ganharia caso optasse por uma outra opção.

Em relação à assinatura de um carro, o que temos que observar é qual seria o rendimento de investir os R$ 52.890 ao invés de utilizá-lo para pagar o carro à vista, por exemplo.

Para fazer esse cálculo, utilizarei uma taxa de uma LCA oferecida no mês passado de 7,03% ao ano. Uso a LCA por ser um investimento isento do imposto de renda e prefixado. Caso os R$ 52.890 fossem investidos hoje em uma LCA para o resgate em 48 meses, no período de utilização do veículo, a conta em comparação com a compra à vista ficaria dessa maneira:

Compra x Assinatura

No caso do valor investido, é preciso subtrair o montante total (valor aplicado + rendimento) do que foi gasto. Isso porque você permanece com o seu patrimônio.

Da mesma forma que terá o carro após quatro anos para vender, com a respectiva desvalorização, terá também os R$ 52.890 com sua respectiva valorização.

E aí acontece a mágica. No saldo da conta de optar por uma assinatura, você não ficaria no prejuízo, mas no lucro. Seriam R$ 8.445,78 a mais em sua conta, mesmo tendo pago R$ 1.270 por mês de assinatura.

Claro que é preciso ter cuidado com a escolha dos produtos para investir o montante total. Quanto mais risco, maior a chance de ter prejuízo. Nesse caso o mais indicado é procurar opções seguras e descomplicadas, como esse LCA. Mas, obviamente, maior a rentabilidade, maior o lucro que terá por optar pela assinatura ao invés da compra.

Em relação ao financiamento, o que poderia ser investido é a diferença entre o valor da mensalidade da assinatura e a parcela do financiamento, o que tornaria a assinatura ainda mais vantajosa.

Caso você seja mais iniciante no mundo da contabilidade aplicada aos investidores, recomendamos que acesse nosso conteúdo gratuito sobre contabilidade financeira.

A gente também está no Instagram e no TikTok! Segue a gente lá!

Raphael Carneiro
Raphael Carneiro
Jornalista
Planejador financeiro associado à Planejar

TC School

A sua escola como investidor.

Disclaimer: Este material é produzido e distribuído somente com os propósitos de informar e educar, e representa o estado do mercado na data da publicação, sendo que as informações estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Este material não constitui declaração de fato ou recomendação de investimento ou para comprar, reter ou vender quaisquer títulos ou valores mobiliários. O usuário não deve utilizar as informações disponibilizadas como substitutas de suas habilidades, julgamento e experiência ao tomar decisões de investimento ou negócio. Essas informações não devem ser interpretadas como análise ou recomendação de investimentos e não há garantia de que o conteúdo apresentado será uma estratégia efetiva para os seus investimentos e, tampouco, que as informações poderão ser aplicadas em quaisquer condições de mercados. Investidores não devem substituir esses materiais por serviços de aconselhamento, acompanhamento ou recomendação de profissionais certificados e habilitados para tal função. Antes de investir, por favor considere cuidadosamente a sua tolerância ou a sua habilidade para riscos. A administradora não conduz auditoria nem assume qualquer responsabilidade de diligência (due diligence) ou de verificação independente de qualquer informação disponibilizada neste espaço. Administradora: TradersNews Informação & Educação Ltda. Todos os direitos reservados.

TradersClub

O app essencial para investidores do mercado financeiro brasileiro.

Uma comunidade com milhares de investidores, ferramentas e serviços que vão ajudar você a investir melhor!

TradersClub